Todo dia – David Levithan | Resenha

Todo dia narra o dia-a-dia de “A”, uma espécie de ser assexuado. O mesmo, só habita corpos de pessoas, cuja idade é igual a do mesmo. Ate então, “A”mantinha a politica de nunca interferir na vida dos corpos em que habitava, porém aos 16 anos, no dia 5.994, “A” acorda no corpo de um garoto chamado Justin, o mesmo tem uma namorada chamada Rhiannon. Ao conhecê-la a politica começa a ser questionada. Vale mencionar, que o fato de Justin tratar Rhiannon sem um cuidado especial e ate desprezível, fazem com que” A”, queira mais do que nunca, ficar perto dela. A partir de então ele irá fazer de tudo, até complicar a vida de seus corpos, para ficar próximo dela.

Instragram: @karolvale

Instragram: @karolvale

Quanto à escrita e desenvolvimento de Todo Dia, achei um livro na média. Um dos pontos que mais me incomodaram foi que a todo o momento, o narrador dava uma espécie de lição de moral no leitor, sendo que o mesmo em diversos momentos não as aplicava, o que dava a entender que estas descrições foram feitas apenas para manter a ideia inicial da personalidade de “A”. Em segundo, foi o desenvolvimento de determinados aspectos, como por exemplo, o romance, que o desenrolar, fez parecer um pouco forçado e inverossímil.  Entretanto, achei as discussões abordadas no livro pertinentes e facilmente tópico de debates. Uma das coisas mais incríveis neste livro é a escrita, apesar do desenvolvimento dos personagens, a maneira como ele aborda certos temas é clara e ao mesmo tempo singela, o que faz o livro ter um ritmo super gostoso de se acompanhar.

Espero que tenham gostado, um grande beijo!

Karol Vale

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s